Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

La Petit Ladybug

La Petit Ladybug

Dog Friendly

 

Cá estou eu com mais uma novidade relativa aos nossos pets! 

 

Todos os que têm cães sabem a dificuldade que é sair com eles e depois puder ir de facto a qualquer lado...isto é, se tivermos vontade de tomar um café não nos podemos nem sentar numa explanada... uma dificuldade!

 

O centro comercial Alegro em Alfragide a partir do próximo dia 13 de Maio vai permitir que os donos levem os patudos para o seu interior. Apesar de ter que se pedir a emissão de autorização de acesso na primeira vez que se leva o animal, já é uma evolução. 

 

Outra novidade no sentido de tornar a vida dos patudos e dos seus donos mais agradável, é a inauguração de uma praia para cães a 15 de Junho em Viana do Castelo.

 

O caminho faz-se caminhando...

 

 

Estatuto Jurídico dos Animais de Estimação

Hoje venho falar mais uma vez dos animais de estimação: entrou em vigor a 1 de maio de 2017 o estatuto jurídico dos animais de estimação, passa a reconhecer os animais como "seres vivos dotados de sensibilidade e objeto de proteção jurídica", isto é, os animais deixam de ser comparados a coisas! Nada de novo diria eu...quem não sabe que um cão ou um gato não é comparável a uma cadeira ou uma mesa?

 

Mas o que mudou, afinal?

 

1º - Quem roube ou se aproprie ilegitimamente de um animal alheio fica sujeito a uma pena de multa ou prisão até três anos.

2º - Quem encontrar um animal perdido e souber a quem pertence deve restituir o animal a seu dono ou avisá-lo do achado. No entanto, ao fazê-lo "tem direito à indemnização do prejuízo havido e das despesas realizadas” no decurso desse processo. Para além disso, e segundo a Lei 8/2017, o "achador do animal pode retê-lo em caso de fundado receio de que o animal achado seja vítima de maus-tratos pelo seu proprietário".

3º - Quem agredir um animal fica "obrigado a indemnizar o seu proprietário ou quem o tenha socorrido". Se o animal morrer, o dono tem direito a "indemnização adequada pelo desgosto ou sofrimento moral". Nestes casos, quem decide o montante da indemnização é o tribunal.

4º - Em caso de divórcio, além da guarda dos filhos e as partilhas dos bens, os casais a atravessar um divórcio devem considerar também os seus animais de estimação, que passam a estar contemplados no acordo, passando a ser obrigatório um entendimento sobre a guarda dos animais, tanto no caso de uma separação por mútuo consentimento ou litigiosa.

5º - Aos donos, fica a obrigatoriedade de assegurar o bem-estar do animal, o que significa garantir o acesso a água e alimento, assim como idas ao veterinário. A falta deste cuidado dá direito a sanções, que podem ir desde penas de prisão até um ano ou multas até 120 dias.

 

Não me parece haver aqui nada de especial, foi colocado por escrito e em formato de lei aquilo que deveria ser prática mais que comum!

 

Falta uma lei, sim porque parece que temos que transformar leis de decência humana em lei, mas dizia eu, falta uma lei que impeça o transporte de animais vivos em condições deploráveis. Lá porque vão ser abatidos para consumo humano, não quer dizer que os façamos sofrer antes!

Estamos a chegar ao Verão, quem faz muitas vezes a A1 como eu deve ver várias vezes camiões de transporte de porcos, em que os desgraçados vão prensados e são transportados às horas de maior calor! Não há necessidade.....

 

Passear o nosso cão

Já repararam quando aparece uma noticia sobre o ataque de um cão a uma pessoa, em seguida aparecem uma série de noticias do mesmo género?! Estranho.... será um surto?!

 

Bom mas sobre a questão de passear os nossos cães....sou da opinião que qualquer cão deve ser passeado de trela, independentemente do seu tamanho...é uma defesa para os outros e para o próprio animal. Quantas vezes os animais se assustam e desaparecem sem dar hipótese ao dono de o agarrar...se tiver trela está resolvido!

 

Os animais que sejam capazes de produzir um dano maior devido ao seu tamanho, devem de facto andar com açaime! 

 

Se estas regras forem cumpridas por todos, vamos deixar de ouvir noticias como as que têm ocorrido nos últimos dias e acabam-se os acidentes com crianças, que certamente os marcarão para toda a vida!

 

Os açaimes não precisam de ser coisas feias, é só procurar! Vão encontrar modelos engraçados e confortáveis para o o vosso cão, que contribuirão para que os outros tenham menos medo do vosso cão.

Ora vejam lá:

 

Giros, não são?

 

 

Decoração vs pets

Depois de passada a azafama da Páscoa, podemos voltar à nossa rotina! E é tão bom voltar à rotina, não é? 

 

Duas das minhas imensas e infindáveis paixões são a decoração e os animais de estimação, principalmente cães! Se calhar ainda não tinham dado por esta minha ligeira preferência por animais de estimação....

Bom, mas voltando às paixões, decoração e animais de estimação...hoje decidi juntá-las no mesmo post!

Tenho três patudas e pus-me a olhar para as suas camas... na verdade as camas penso que serão confortáveis mas como elemento decorativo deixam muito a desejar....

Assim trago-vos aqui algumas sugestões, então vejam lá:

 

 Aposto que quem não tem uma animal de estimação vai arranjar já um a correr!

 

Vá de férias de borla!

Aposto que ficaram todos curiosos! 

 

É simples..digo eu!

Basta que gostem de animais e que estejam dispostos a trabalhar um pouco durante as férias! 

 

Quem tem animais sabe que as férias são sempre um motivo de preocupação:

  - ou deixamos os nossos animais em casa e temos alguém de confiança que os vá tratar, mas ficamos a pensar na solidão que os desgraçados vão passar; ou

  - levamos os nossos patudos connosco e temos que para além de pagar um pouco mais pelas férias, procurar sítios que os aceitem ( o que ainda é difícil por cá).

O melhor era mesmo deixá-los em casa, no seu espaço e bem cuidados, não era? Ganhava o nosso animal de estimação e ganhávamos nós, certo?

 

Partindo destas dificuldades o site Trusted housesitters propõe-se colocar em contacto donos que precisam de alguém que cuide dos seus animais de companhia em casa durante as suas férias e pessoas que não se importam de fazer pet sitting, viajando para diferentes destinos, sem pagar a estadia. 

Assim ganham todos:

   - os animais que ficam em casa;

   - os donos que viajam tranquilos, pois têm quem tome conta da casa e do seu animal de estimação de borla;

   - o viajante que fica numa casa no seu destino sem pagar estadia!

 

Parece uma boa ideia, não parece?

Os cães não são bens de consumo

Este é o titulo da campanha lançada pela Federação Cinológica Internacional (FCI), da qual faz parte o Clube Português de Canicultura.

 

Esta ação visa alertar os futuros donos para não comprarem animais on-line, mas sim a criadores.

Resta saber que criador é aquele individuo que cria determinada raça pelo gosto que tem pela mesma, contribuindo para o seu aprimoramento. Escusado será dizer  que a diferença entre "criadeiro" e criador é enorme, basta perceber que os criadores regra geral acabam por ter muitos poucos filhotes disponiveis para vender, uma vez que cruzam as cadelas poucas vezes! Um criadeiro explora a capacidade reprodutiva das cadelas até ao limite, e no fim ainda é capaz de abandonar a bicha à sua sorte!

 

É verdade que comprar um animal a um criador fica bastante caro, mas se estivermos atentos às associações que recolhem animais ou ao canil da nossa área de residência de certeza que encontramos o cão que precisamos, e que precisa de nós!

Aguarda-se pela divulgação dos cartazes em português para já ficam os que estão disponiveis.

 

Nasceu o primeiro carro para cães!

Dito assim soa a coisa estranha, não é?

Bom na verdade é um modelo da Nissan com uma série de gadgets para quem tem cães e os leva a passear.

Podem ver o vídeo aqui.

Como já perceberam sou uma apaixonada por animais, especialmente cães…tenho três meninas…como lhes chamo!

Tenho extremo cuidado com elas, só tomam banho de água quente, seco-as com o secador e depois do banho não vão para fora de casa! E claro… dormem dentro de casa, cada uma na sua cama, ou todas ao molho, é como elas quiserem.

 

Assim tenho algumas reticências em dar banho na rua a um animal…especialmente no tempo frio. De resto parece-me que alguns do gadgets poderão ser interessantes, mas só testando…Nissan?! Anybody home?

Carnaval também é exploração e maus tratos a animais

Voltando ao Carnaval…para alertar para um flagelo que nos dias de hoje me parece já não ter qualquer tipo de justificação: maus tratos a animais!

 

Eu nunca tinha pensado nisto e se calhar vocês também não: de onde vêm as plumas que são utilizadas pelos vários foliões do Carnaval? É de arrepiar… apesar de já se utilizarem plumas e penas artificiais, quando se pretende um look mais glamoroso utiliza-se penas e plumas verdadeiras! Assim arrancam-se as penas aos pobres animais com estes vivos, sim porque no ano seguinte estes têm que ter novamente plumas e penas para o Carnaval!

Podem pesquisar na Internet, é um processo macabro e sem o mínimo respeito pelo sofrimento dos animais.

O Brasil é um dos maiores importadores mundiais de penas e plumas naturais. As vítimas são na sua maioria avestruzes e faisões.

 

Está disponível uma petição:

https://www.change.org/p/assine-pelo-fim-do-uso-de-penas-de-animal-nos-desfiles-de-carnaval

Assinei porque não é correto causar sofrimento a outrem, seja ele animal ou pessoa!

 

Este ano, uma escola de samba - Águia de Ouro - representou o respeito pelos animais, ao desfilar sem objetos de origem animal... é um principio, esperemos que outras escolas o sigam!

Lisboa, cidade pioneira no abate zero!

Como já devem ter percebido sou uma aficionada de pets…confesso que mais cães que gatos!Mas acredito que todos merecem ser bem tratados.

Em Lisboa existe um canil exemplar, desde 2014 que não há abates, apenas se pratica a eutanásia em animais em sofrimento e em que já não existe solução. Podem ler a noticia aqui

E no resto do pais? Sabem o que se passa no canil da vossa região?